ganhar dinheiro na internet hacker

show para o canal comedy central
Show para o canal Comedy Central

Ok, vamos falar a verdade sobre o marketing digital…

Talvez você esteja acessando este blog pela primeira vez e não me conheça… Sou músico e comediante, porém, devido aos altos e baixos do meio artístico resolvi, um dia, que precisava ter uma fonte de renda extra e mais segura. Foi assim que encontrei o Marketing Digital e dei um jeito meus problemas. Porém tenho um relato interessante que NINGUÉM te explica sobre este mercado.

Se você quer ter o conforto de trabalhar em casa com marketing digital, tendo uma renda decente, você precisa entender os motivos pelos quais alguns ganham dinheiro e outros não. Recomendo que leia meu depoimento.

Aliás, desde já vou te desanimar um pouco: Não é fácil como parece. Não é fácil como alguns vendedores tentam fazer. Mas, sim, é 100% possível se você, principalmente, tiver vontade legítima de aprender. Errar muito, se frustrar, passar por cima e continuar.

Ou pelo menos meu caminho foi assim: Conheci o mercado de marketing digital já tem pelo menos 3 anos, mas produzi resultados satisfatórios só a partir do segundo ano.

Acontece que no mercado tem muita enrolação, o que te deixa confuso e com medo de investir em picaretas.

Eu te falo com toda a certeza: 100% do conhecimento que você precisa para iniciar um negócio online de marketing digital está de graça na internet, porém aprender de graça é um caminho tão longo que não compensa. Demorei a aprender isso.

Explico: Ninguém com o mínimo de competência vai bolar um curso passo-a-passo de marketing digital 100% grátis e entregar de bandeja. Os bons profissionais da área aprenderam a VENDER. E se você sabe vender, por que daria curso de graça?

Toda lição grátis que você encontra por aí é uma forma de tentar te conquistar como cliente para uma futura venda. Mais ou menos assim: O sujeito tem um curso com 10 módulos e te entrega só o primeiro módulo 100% grátis. Não significa que o primeiro módulo não seja útil, mas com certeza não é o bastante.

Para aprender grátis você vai ter que fuçar a internet e fazer um apanhado bizarro de uma aula de cada vendedor diferente e testar. E como você sabe que um ou outro ali são bons mesmo? Não sabe. Não vai saber. Vai testar a lição, perder muito do seu tempo, às vezes perder dinheiro e descobrir que falta algo.

E o cara tá lá fazendo foto com notebook na piscina (que coisa mais brega!) pra te impressionar, haha.

Em algum momento entre estudos e frustrações fui convencido a comprar meu primeiro curso de marketing digital. A linha de pensamento que me convenceu é até simples: Se eu quero levar esse negócio a sério, tenho que  estar disposto a colocar algum dinheiro. Quanto custa para abrir qualquer negócio hoje no Brasil? Entre aluguel, imposto, funcionário e etc… E ainda com risco de não dar certo!

Vamos aos prós:

O mercado do marketing digital é o melhor dos mundos: mesmo que perca algum dinheiro, o investimento é sempre tão baixo que você recupera muito rápido também. Não precisa alugar loja, não precisa contratar ninguém, não precisa investir em estoque e você pode vender para o Brasil inteiro. Ou até para o mundo se tiver prática com outro idioma. As possibilidades são ilimitadas e isso não é força de expressão, é a realidade. O marketing digital é simplesmente revolucionário e está em pleno crescimento. Mas já vou te desanimar de novo, fica tranquilo.

Vantagem da loja física: o produto está ali, o comprador paga e recebe na hora. Ele não tem medo de ser enganado. Se for uma grande rede de lojas então, metade do trabalho do vendedor está feito.

Na internet a confiança é um problema grande que trava vendas. Acho que é justamente por isso que separamos o Marketing do Marketing Digital (um chute meu, talvez eu esteja errado).

Mas existe um conjunto de técnicas de vendas que se aplica ao digital para gerar essa confiança extra que você precisa para converter uma venda. Isso muda tudo!

Não só técnicas de vendas, mas também de como atingir as pessoas certas na hora certa, por exemplo.

É por isso que eu digo: não é tão fácil quanto talvez pareça.

Porém é possível, sim, e vou terminar meu caso contando como comecei a fazer minhas primeiras vendas.

Você não precisa ter seu próprio curso, você pode vender produtos dos outros, mas eu quis testar com um produto próprio. Desenvolvi um curso para comediantes iniciantes onde eu ensino as técnicas básicas da construção da piada. Vou te contar: é um mercado ruim, super restrito. Talvez por isso tenha sido uma ótima escola. Fiquei bastante tempo sem vender nada e estudando e descobrindo novas técnicas até conseguir entender a cabeça dos compradores. Gerei algumas vendas. Bastante considerando o tamanho pequeno do nicho, mas não dava pra viver de marketing ainda.

Um dia de bobeira pelo facebook vi que um amigo pianista tinha construído o curso dele, mas não sabia fazer vendas. Pra minha sorte eu já tinha começado e já tinha algumas técnicas boas.

(Será mesmo sorte? Acredito que a vida sempre joga oportunidades pra cima da gente, mas nem sempre temos a competência para aproveitar. Neste caso, eu tinha estudado pra isso e estava pronto. Quero dizer… Não seria sorte se eu não soubesse fazer, né?).

Outra pessoa já havia feito uma proposta pra ele cobrando 50%, pedindo dinheiro adiantado pra fazer site e etc. Alguém que ele nem conhecia, nunca tinha visto resultado nenhum… Ele não aceitou.

Eu propus diferente: “Vamos fazer uma parceria. Você não precisa me pagar nada. Vou fazer o marketing do seu curso e só recebo por aquilo que eu vender pelo meu link de afiliado.” Ele topou, afinal não tinha nada a perder.

Nem eu acreditei: Em 1 semana vendi com ele a mesma quantidade de cursos que ele sozinho havia vendido nos 6 meses anteriores quebrando a cabeça (e olha que ele já era famoso). Detalhe importante: Fiz ele aumentar o preço.

Claro, somos parceiros até hoje (curiosos podem acessar a Lord Music Academy e até perguntar ao Fabrício Lord Vinheteiro se é verdade mesmo).

Daí animei de vez. Comecei a estudar mais e criar novas ações de marketing independente dos cursos de piano da Lord Music Academy, também. E descobri que eu gosto mais de trabalhar com marketing digital do que ser comediante.

Digo… subir no palco e contar piadas é ótimo, eu amo, mas o caminho até o palco é um porre! Pra resumir: Tem que negociar com bar, teatro, produtor, agência… e nem sempre essas pessoas são legais. O último calote de tomei foi de R$3.500 reais de uma empresa que fechou e se escafedeu. Nunca recuperei.

Você acha que tenho vontade de lidar com isso sabendo que to produzindo mais dinheiro dentro de casa? Seria a maior das piadas, né.

O marketing digital te dá uma vida boa e com a plataforma que usamos atualmente, o Hotmart, é impossível levar calote ou ser passado para trás. A própria plataforma faz a cobrança e divide os lucros sempre corretamente. Eu não consigo roubar meus parceiros e eles não conseguem me roubar. Assim é bom, né?

Mas como eu disse, precisa se preparar! E pra se preparar você PRECISA fazer um curso. Não se engane, estudando sozinho você vai demorar e desanimar.

Se você leu tudo até aqui, imagino que tenha um real interesse de ingressar neste mercado, então preparei para você uma lista de materiais essenciais grátis + a indicação de um curso barato e que resolve. Eu indico porque EU FIZ! Se você quiser receber essa relação, deixe seu e-mail abaixo. Você vai receber tudo imediatamente. Obrigado e até a próxima!


Receber Conteúdo de Marketing Digital


100% livre de SPAM

Recomendado para você

2021 Será Melh… Igual – Ep153

Algumas ideias bem assustadoras, porém com uma mensagem de esperança no final. Prometo! OUÇA JÁAA! ...
Leia Mais

Voto auditável e Diminuição de Impostos – Ep152

Vamos falar sobre estratégias na hora de passar projetos. A Direita precisa aprender a usar a língua portuguesa a seu ...
Leia Mais