Abortista confessa que deixa bebês vivos morrerem

O depoimento foi gravado por um comprador de fetos falso com uma câmera escondida.

Durante a conversa, a representante da Planned Parenthood explica que de acordo com as leis do Arizona, se um feto nasce vivo após um procedimento de aborto, ele deve ser encaminhado ao hospital.

O povo da região, inclusive funcionários, é conservador, portanto para evitar o trâmite, caso isso aconteça, ela verifica quem são as pessoas presentes durante o procedimento para decidir se deixa o bebê morrer.